Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

Slider

Últimas Postagens

Notícias

Negócios

Política

Sociedade

Entretenimento

Cidades e Entrevistas

CONFIRA a NOVA EDIÇÃO da GAZETA DE NOTÍCIAS


O empresário cratense Valdemir Correia de Sousa é homenageado pelo Exército brasileiro

 Crato realizou a Solenidade de Matrícula e a apresentação dos novos atiradores que estarão cumprindo o Serviço Militar inicial no ano de 2019.
Valdemir Correia e sua esposa Sônia Rolim
A solenidade foi presidida pelo Subtenente Josenildo Batista de Araújo, Chefe de Instrução do Tiro de Guerra de 10-004, estiveram presentes também o prefeito do Crato José Ailton Brasil, Paulo Jonathan Lins Feitosa,1º Tenente e representante do Comandante do 3º Batalhão de Engenharia de Construção de Picos/PI, do Subtenente José Dácio Lopes; Chefe da Instrução do Tiro de Guerra 10-005 – Juazeiro do Norte: do 1º Sargento Ângelo Márcio Pereira Martins, Instrutor do Tiro de Guerra 10-005 – Juazeiro do Norte; dentre outras autoridades militares; secretários do municipio, admiradores e colaboradores do TG, familiares e amigos dos atiradores, e jornalista da região.
Valdemir recebendo o diploma de patrono
O Portão das Armas foi aberto, dando início a solenidade com os matriculados dando entrada ao pátio de formatura, marcando assim o ingresso dos novos atiradores no Tiro de Guerra do Crato. Os atiradores metraram em trajes civis que depois foram trocando pela farda tipo camuflada que será usada por todo o ano de instrução.
Foram vários os amigos e colaboradores do TG 10-004 homenageados na solenidade, um enaltecimento a atuação de cada um junto ao Exército brasileiro, entre eles, o empresário Valdemir Correia de Sousa também patrono da turma de 2019, os irmãosFrancisco José e Luciano Pierre, o jornalista Antônio Vicelmo e César da Coelce.
O Subtenente José Dácio Lopes fez a leitura da mensagem do Comandante do Exército brasileiro para os atiradores, destacando os avanços nessa nova etapa da vida desses jovens. “Serão pilares para a liderança sadia no seu retorno à sociedade. Neste curto período, dediquem-se em absorver todos os ensinamentos dos militares mais antigos e mais experientes, na busca de mais oportunidades, bem como aproveitem este ciclo pessoal para seu crescimento e fortalecimento”.
O prefeito José Ailton Brasil em suas palavras parabenizou o trabalho do Tiro de Guerra em Crato e destacou a escolha do patrono da turma, Valdemir Correia de Sousa, cidadão engajado na luta pelos os interesses do município Crato.

Ceará atinge menor índice de evasão escolar da história



O número de estudantes que abandonaram a escola no Ceará atingiu o menor índice histórico em 2018. O índice foi apresentado pelo governador Camilo Santana, nesta terça-feira (12), no retorno do seu bate-papo com a população através de seus perfis nas redes sociais (Facebook e Instagram). O levantamento apontou ainda o crescimento de alunos aprovados no Ensino Médio e a consequente diminuição dos reprovados.
“O Ceará tem se destacado na educação pública brasileira. Hoje, é uma referência nacional e fora do Brasil. A partir de uma série de ações da Secretaria da Educação a gente conseguiu em 2018 ter o menor índice de evasão escolar da história do Ceará. Há dez anos chegava a quase 17% e reduzimos em 2018 para 5%. Mas quero que nem um aluno deixe a escola no Ceará. Estamos com uma política de estímulo, premiação e acompanhamento para que a médio e longo prazo a gente consiga atingir esse objetivo”, apontou Camilo, complementando que o índice cearense é quase a metade do nacional, registrado em 2017. “Se compararmos com o Brasil, a taxa de abandono nacional é de 8,9%. Estamos praticamente com a metade da taxa e vamos trabalhar para melhorar”, informou o governador. 
Camilo Santana também comemorou o crescimento da quantidade de alunos aprovados e a consequente diminuição de reprovações. “Outro dado importante é o percentual de aprovação. Saímos de 74,7% e chegamos a 90,1% de aprovados na rede pública estadual no Ensino Médio. Queremos 100%. No Brasil a taxa de aprovação é 81,7% e do Nordeste ficou em 85,1%. Em reprovação também temos caído. Em 2007 éramos 8,9% e no ano passado 5%. O Brasil tem uma taxa de reprovação de quase 10% e o Nordeste também, com 9,4%. São dados importantes e que nos orgulham”, ressaltou.

Segurança atinge melhor dado desde 2009

O chefe do Executivo estadual aproveitou a oportunidade para comentar também os resultados na área da segurança pública. O mês de fevereiro teve uma redução de 54,8% nos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI), que abrangem homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Esse foi o melhor resultado desde 2009.
Os números positivos também foram alcançados em todas as regiões do Estado. A maior diminuição em fevereiro ocorreu na Região Metropolitana de Fortaleza, com uma queda de 65,4%, passando de 104 casos para 36. Em seguida veio a Capital, com redução de 55,4% dos crimes, diminuindo de 121 para 54. No Interior Norte, no segundo mês do ano passado, foram registrados 69 CVLIs e esse número baixou para 36 – diminuição de 47,8%. Já no Interior Sul, a queda foi de 44,8%, passando de 67 para 37 crimes.
Camilo Santana enfatizou que a área continuará sendo uma das prioridades dessa sua segunda gestão. “Foi o melhor mês dos últimos 10 anos. Em 2018 tivemos 10 meses de queda de homicídios. Janeiro e fevereiro deste ano também. Mas temos que continuar trabalhando firme 24 horas, de forma planejada. Esse é meu compromisso”. Ele destacou investimento como a contratação de mais de 10 mil profissionais de segurança, aquisição de 2.600 novas viaturas, e implantação do Batalhão do Raio e sistema de videomonitoramento em todas as cidades com mais de 50 mil habitantes.
.

Governadores nordestinos aprovam criação de consórcio para o desenvolvimento regional


<< GOVERNADORES Além de Camilo Santana, estiveram presentes os governadores Paulo Câmara (PE), Rui Costa (BA), Fátima Bezerra (RN), Wellington Dias (PI), João Azevedo (PB) e Belivaldo Chagas (SE). O vice-governador de Alagoas, Luciano Barbosa, representou Renan Filho, chefe do Executivo.
Os chefes do Executivo dos nove estados nordestinos aprovaram hoje (14) a criação do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste), que terá como primeiro presidente o governador da Bahia, Rui Costa. O protocolo foi assinado durante a segunda edição do Fórum de Governadores do Nordeste, no exercício 2019-2022, que ocorreu no Palácio dos Leões, em São Luís (MA). Agora, cabe a cada Governo autorizar a formação do consórcio.
Presente na reunião, o governador Camilo Santana destacou a importância do Fórum para a defesa dos interesses da região e o crescimento dela através do novo consórcio. “O Fórum de Governadores do Nordeste tem se consolidado como um momento importante de se discutir e avaliar o momento político do Brasil e fortalecer as políticas públicas para o País e o Nordeste dentro daquilo que é consenso. Este consórcio chega também para nos fortalecer e unificar ainda mais a região”, disse Camilo.

Consórcio Nordeste

Com a criação, os estados passam a ter mais força em negociações financeiras. Neste modelo, por exemplo, as unidades federativas envolvidas poderão realizar compras conjuntas com o objetivo de reduzir os custos. Da mesma forma poderão trabalhar juntos a venda de produtos.
“É uma grande ferramenta de gestão e compartilhamento de projetos, ideias, apoios mútuos e redução de custos. Uma vez o consórcio formalizado, nós poderemos fazer licitações de itens que forem comuns e assim mudamos o patamar de escala da licitação. Todos sabem que se você quer licitar um item, você consegue um preço. Se vai licitar milhões, consegue outro. Portanto, estamos mudando de escala, multiplicando por nove estados, o que vai reduzir o custo em várias áreas. É uma ferramenta inovadora”, declarou o primeiro presidente do consórcio, Rui Costa, que ficará à frente do consórcio por um ano, podendo prorrogar por igual período.
O consórcio vai permitir que os estados cedam, principalmente em períodos de crise, servidores e equipamentos. Fica permitido ainda a realização de intercâmbios estudantis, projetos conjuntos de infraestrutura, parques industriais e tecnológicos interestaduais, criação de fundos para financiar investimentos e troca de tecnologia e conhecimento, entre outras ações.

Debate nacional

As pautas nacionais também foram colocadas em discussão. Na oportunidade, o grupo fechou pensamento contrário à ideia de desvinculações de receitas frente as despesas obrigatórias com saúde, educação e fundos constitucionais. Para os governadores, seria mais relevante discutir o Pacto Federativo, colocando em debate uma nova distribuição de receitas e competências.
Com relação ao estatuto do desarmamento, Flávio Dino, governador do Maranhão e anfitrião do encontro, disse que o posicionamento dos integrantes é a favor de sua continuidade. “Lembramos que o estatuto do desarmamento é fundamental para evitar o aprofundamento do ciclo de violência no Brasil. Nós consideramos que flexibilizar regras de posse e de porte de armar, longe de gerar paz, vai gerar mais violência”, defendeu Dino, que se solidarizou com as famílias das vítimas do ataque à escola em Suzano (SP) e lembrou que hoje faz um ano do assassinato de Marielle Franco, vereadora do Rio de Janeiro, e seu motorista Anderson Gomes.

Previdência

O entendimento dos estados nordestinos é que há necessidade de se debater uma mudança do modelo atual, mas que é preciso sair em defesa dos que mais necessitam. Em sua participação, Camilo Santana levantou a necessidade de se olhar também para os estados e suas questões com a previdência em consonância com a revisão que a União pretende promover a nível nacional.
“Se a gente consegue resolver de forma emergencial o problema do déficit (previdenciário dos estados) a gente consegue dar um fôlego. Esse debate precisa ser feito com o Governo Federal. Todas  as medidas que os estados podem fazer para diminuir seu déficit a maioria aqui já fez. É fundamental que entre essa solução a curto prazo para os estados”, enfatizou o governador.

Instituições regionais

Durante a reunião outros assuntos foram colocados em debate. Na ocasião, ficou decidido que o grupo dialogará com os 153 deputados federais e 27 senadores que representam os nove estados para que não haja retrocesso quanto a mecanismos essenciais para o desenvolvimento regional, a exemplo do Banco do Nordeste, a Chesf e Sudene.
Além de Camilo Santana, estiveram presentes os governadores Paulo Câmara (PE), Rui Costa (BA), Fátima Bezerra (RN), Wellington Dias (PI), João Azevedo (PB) e Belivaldo Chagas (SE). O vice-governador de Alagoas, Luciano Barbosa, representou Renan Filho, chefe do Executivo.

Fernando Santana solicita campus da Urca para município de Barbalha

O deputado Fernando Santana na Tribuna da Assembléia

O deputado Fernando Santana (PT) anunciou, no primeiro expediente da sessão plenária da Assembleia Legislativa desta quarta-feira (13/03), requerimento de autoria dele, solicitando ao Governo do Estado um campus da Universidade Regional do Cariri (Urca) para o município de Barbalha.
De acordo com o parlamentar, a ideia envolve parceria entre Governo do Estado e a Prefeitura Municipal de Barbalha, no intuito de instalar um campus da Urca naquele município. “Já entrei em contato  com o governador e o prefeito, para que possamos viabilizar a instalação desse campus em um prédio doado pela prefeitura”, adiantou.
Fernando Santana informou ainda que existe um prédio desocupado no centro da cidade, onde antes funcionava o Centro Social Urbano (CSU) do município que poderia servir como sede. “Nossa sugestão é que o prédio seja doado para abrigar o campus, que oferecerá diversos cursos, dentre eles, o de turismo, que já é forte. Tenho certeza que a universidade presente em Barbalha só trará benefícios para a região”, defendeu.
O deputado falou ainda sobre o leilão dos três blocos aeroportuários, que acontece na sexta-feira (15/03), na Bolsa de Valores de São Paulo. Dentre os aeroportos a serem leiloados, está o de Juazeiro do Norte. “Não tenho dúvidas do ganho que teremos com a concessão deste aeroporto, pois ele já vem apresentando crescimento constante há cinco anos, inclusive alcançando o recorde do ano passado de 563,548 mil embarques”, salientou.
Em aparte, o deputado Guilherme Landim (PDT) considerou fundamental a iniciativa do colega deputado em solicitar um campus da Urca para Barbalha. “O senhor está unindo forças, independente de questões partidárias, para trazer para a população da região mais uma opção de universidade e aproveitando o potencial turístico para um dos cursos. Tenho certeza que o senhor terá sucesso nessa empreitada”, elogiou.

O deputado Marcos Sobreira (PDT) afirmou que Fernando Santana, com esta ação, estará levando um dos maiores progressos para o município de Barbalha. “Temos um campus em Iguatu e só sabe a transformação que um campus desses realiza, quando se tem um no seu município. Parabéns pela iniciativa”, parabenizou.
Para o deputado Nizo Costa (Patri), as duas ações destacadas pelo parlamentar resultarão em grandes melhorias para a região do Cariri. “O Campus em Barbalha irá capacitar muitos jovens nas mais diversas profissões. Já o aeroporto, sou convicto de que teremos uma excelente manutenção e ampliação do número de vôos”, avaliou.

Rede Municipal de Ensino de Juazeiro do Norte passa a contar com cinco novos ônibus


A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte-CE, através da Secretaria de Educação (Seduc), fez a aquisição de cinco novos ônibus já integrados à frota do transporte escolar do Município.
Os veículos foram adquiridos com recursos próprios do Município e beneficiarão alunos da zona rural e também da cidade. A Seduc iniciou o processo de levantamento das necessidades existentes no setor de transporte escolar, para com isso poder atender da melhor forma às rotas.
As medidas a serem adotadas proporcionarão uma melhor qualidade do transporte, proporcionando um atendimento mais humanizado aos alunos da rede municipal de ensino de Juazeiro do Norte. Além de possibilitar mais conforto e segurança para os estudantes.

Ceará registra em fevereiro maior queda em mortes violentas em dez anos



Com o melhor resultado desde 2009, o Ceará registrou no mês de fevereiro uma redução de 54,8% nos Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLI), que abrange homicídios dolosos, latrocínios e lesões corporais seguidas de morte. Os números positivos também foram alcançados em todas as regiões do Estado, o que resultou no total de 198 vidas salvas. Em fevereiro de 2018, foram 361 vítimas. Já no mês passado, esse número caiu para 163. No acumulado de janeiro a fevereiro em dez anos, esta é a melhor redução na série histórica do Estado
A maior diminuição em fevereiro ocorreu na Região Metropolitana da Capital, com uma queda de 65,4%, passando de 104 casos para 36. Em seguida veio Fortaleza, com uma redução de 55,4%, diminuindo de 121 para 54, o que correspondeu a uma média diária abaixo de duas vítimas por dia em Fortaleza.
No Interior Norte, no segundo mês do ano passado, foram registrados 69 CVLIs e esse número baixou para 36, em fevereiro último, o que correspondeu à diminuição de 47,8%. Já no Interior Sul, a queda foi de 44,8%, passando de 67 para 37 crimes. Todas as estatísticas são geradas pela Gerência de Estatística e Geoprocessamento (Geesp) da Superintendência de Pesquisa e Estratégia de Segurança Pública (Supesp), vinculada à Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).
“É um resultado que nos anima e é fruto de um trabalho integrado entre várias forças, não somente da segurança pública, mas também do Sistema Penitenciário, Ministério Público e Poder Judiciário. E esses dados nos trazem uma grande responsabilidade também que é continuarmos trabalhando firmemente para manter esses índices ainda mais baixos e cada vez mais aceitáveis”, destacou o secretário da SSPDS, André Costa.
Acumulado do ano
No acumulado dos dois primeiros meses do ano de 2019, a queda nas estatísticas de mortes violentas foi de 57,9%, com 488 vidas salvas. O número que era de 843, na soma de janeiro e fevereiro do ano passado, caiu para 355 neste ano.
Na Região Metropolitana, somando os meses de janeiro e fevereiro, a redução no acumulado dos CVLIs, foi de 65,6%, passando de 256 para 88. Em Fortaleza, o número que era de 285 reduziu para 105, correspondendo à queda de 63,2%. No Interior Norte, janeiro e fevereiro deste ano contabilizaram uma queda de 50,6%, caindo de 156 para 77. Por último, no Interior Sul, a redução foi de 41,8%, indo de 146 vítimas para 85.
Por último, o Estado não contabilizou nenhuma morte violenta no interior de unidades prisionais neste ano de 2019. 
“Apesar da grande redução, ainda não estamos satisfeitos. Precisamos melhorar cada vez mais e buscar números ainda mais inferiores. Isso é um grande desafio, mas com muita responsabilidade, respeito às pessoas, e sempre trabalhando de maneira transparente, acredito que proporcionaremos tranquilidade a toda população do Estado do Ceará”, finalizou Costa.