Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

Slider

Últimas Postagens

Notícias

Negócios

Política

Sociedade

Entretenimento

Cidades e Entrevistas

» » » Um novo amanhecer


Como sempre, acordei cedo. À moda matuta, saí no terreiro para olhar o céu. É madrugada ainda, mas, nesta hora, a natureza começa a trocar de roupa. Os galos entoam seus cantos e ensaiam diálogos que somente eles entendem. O eco daquele cantar alcança grandes distâncias e vai, aos poucos, quebrando o silêncio sertanejo.
Nos currais, o badalar dos chocalhos denunciam o despertar do gado, ante a aproximação da ordenha. Os vaqueiros vão chegando para iniciar sua faina diária. Lá no céu, as estrelas se apagam devagar, à medida que surgem os primeiros sinais de luz. O firmamento começa a despir-se do seu manto negro para vestir-se de cores especiais.
Surge a serra com seus talhes magnéticos. Detalhes que vão deste o reluzente brilho das pedreiras ao verde confortador das muitas árvores que se entrelaçam harmoniosamente. Os caminhos aparecem de repente como corredores que unem o homem sertanejo ao seu destino telúrico. A passarada desperta e logo inicia o sua clarinada festiva.
Surgem os primeiros raios de luz solar, ainda na intercessão vigente entre a noite que termina e o novo dia que chega. Nesse ínterim, o sertão já está de pé. E o sertanejo que se preza não espera o sol nascer. Sem relógio de ponto, quem o desperta é o cantar dos galos.
A interação entre o homem da roça, seu bichos e seus roçados, sedimenta seus hábitos, faz o dia maior e a vida mais movimentada. E nem adianta falar em globalização. Parafraseando um compositor sertanejo, A VIDA AQUI SÓ É RUIM/ QUANDO NÃO CHOVE NO CHÃO.
Enfim, nasce o sol. A sua luz branco-alaranjada desnuda o sertão por inteiro. Começa um novo dia e com ele tudo se renova. A pureza da vida rural assume uma dimensão difícil de compreender. Sem os enganosos prazeres do consumismo e sem o artificialismo caro da vida urbana, onde se paga até para assistir um por de sol, no sertão a natureza dá tudo, sem cobrar nada.

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário