Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

Slider

Últimas Postagens

Notícias

Negócios

Política

Sociedade

Entretenimento

Cidades e Entrevistas

» » » » » Gemedeira de bebum - Dalinha Catunda



Poetisa: Dalinha Catunda > Ipueiras, Rio, Crato

Quando você quis partir
Eu não fique lhe prendendo
Na verdade até dei corda
Sei que não saí perdendo
Mas você se arrependeu
Ai, ai, ui, ui
Hoje está por mim roendo.
*
Um amigo me contou
Que você chorou por mim
Atolado na cachaça
Na porta do botequim
Confesso não tive pena
Ai, ai, ui, ui
Aqui só tomava gim.
*
Você escolheu seu rumo
Mudou-se pra outra praça
Ganhei minha liberdade
E fiquei achando graça
Enquanto você soluça
Ai, ai ui, ui
Tragando sua desgraça.
*
Dê um pouco para o santo
Tome um gole de aguardente
Faça um brinde ao nosso amor
Que não morreu de repente
Continue a choradeira
Ai, ai, ui, ui,
Que prossigo indiferente.
*
Versos de Dalinha Catunda
Foto do acervo de Dalinha Catunda

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário