Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA ACESSAR O SITE DO GOVERNO DO CEARÁ

Slider

Últimas Postagens

Notícias

Negócios

Política

Sociedade

Entretenimento

Cidades e Entrevistas

» » » Auxílio emergencial já beneficiou 50,5 milhões de pessoas, diz Onyx

Questionado sobre a expectativa de custo do programa, ele disse há R$ 123,7 bilhões garantidos O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni afirmou nesta quinta-feira que, até o momento, 50,5 milhões de pessoas foram beneficiadas com a primeira parcela do auxílio emergencial durante a crise. De acordo com ele, 96 milhões tiveram seus cadastros analisados, faltando ainda 2 milhões.
Foto: Jornal de Brasilia
“Concluímos o processamento de 96.980.028 CPFs de requerentes. Encontramos 32,8 milhões inelegíveis. Isso demonstra claramente que houve tentativa de burla e dificulta o caminho para alguns que tem direito a receber”, disse Onyx. “Até o presente momento, encontramos 50.500.041 elegíveis”, completou. O número inclui os beneficiários do Bolsa-Família.
Em apresentação no Palácio do Planalto, o ministro explicou que não foi possível concluir a análise de 13,1 milhões de pessoas, que deverão rever seus cadastros no aplicativo para que possam ser elegíveis para o auxílio emergencial.
Demissão de Onyx é tida como “iminente”
Wilson Dias/Agência Brasil
Questionado sobre a expectativa de custo do auxílio emergencial, ele afirmou que o programa até agora tem R$ 123,7 bilhões garantidos.
“Não sabíamos quantos eram os invisíveis, localizamos mais de 20 milhões, acreditamos que vai chegar a 25 milhões. Depois, poderemos ter políticas específicas para esse grupo, agora, as pessoas estão bancarizadas, com endereço conhecido”.
O secretário-executivo do Ministério da Cidadania, Antônio José Barreto, explicou que os cadastros inconclusivos são de “pessoas cadastradas no aplicativo que, com a ânsia de receber, tiveram mais de um membro de sua família cadastrando a própria família” ou “famílias que alteraram demais sua composição”.
Assistência social
Ainda segundo Onyx, a Medida Provisória 953 garantiu um crédito de R$ 2,55 bilhões a serem repassados a Estados e municípios na área de assistência social, o que envolve apoio de a ações de prevenção, reforço alimentar e abrigamento.
Ele afirmou que os municípios poderão adquirir ainda equipamentos de proteção individual (EPIs) por três meses para 192 mil “soldados” da assistência. “São mulheres e homens que neste momento, enquanto boa parte dos país está recolhida, eles estão em ação.”
Toda a instituição que atende a população vulnerável, principalmente idosos, poderá receber recursos, disse o ministro. O período de suporte dos assistentes sociais poderá ser prorrogado por mais três meses.
O titular do Ministério da Cidadania também afirmou que o governo destinará recursos para moradores em situações de rua. Segundo ele, são 260 mil pessoas atendidas nessa condição.
Rafael Bitencourt, Matheus Schuch e Marcelo Ribeiro
Valor Econômico

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário