Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA ACESSAR O SITE DO GOVERNO DO CEARÁ

Slider

Últimas Postagens

Notícias

Negócios

Política

Sociedade

Entretenimento

Cidades e Entrevistas

» » » » Jornalistas que se infectarem com Covid-19 podem acionar Bolsonaro na Justiça, diz sindicato

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) anunciou, na tarde desta terça-feira (07), o envio de um ofício aos veículos de comunicação que realizam a cobertura presencial no Palácio do Planalto, em Brasília. No documento, o órgão pede a suspensão da presença de profissionais no local e diz que, caso algum trabalhador tenha se infectado com Covid-19 , cabe processo ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido)
Foto: Andressa Anholete/Getty Images
De acordo com a entidade, Bolsonaro colocou os profissionais em risco após convocar jornalistas para anunciar que testou positivo para o novo coronavírus. Durante a fala do presidente, jornalistas da TV Brasil, Record TV e CNN Brasil estavam no local.


"Imagens e denúncias que chegaram ao SJPDF comprovam que o presidente da República, positivo para a covid-19, colocou em risco os jornalistas e as equipes ao fazer o anúncio. Por que o presidente não solicitou que um médico o fizesse? E qual será a postura daqui para frente?", questionou o sindicato em nota.
No documento, a entidade pede ainda que os veículos testem e afastem todos os profissionais que tiveram contato com Bolsonaro em coberturas nos últimos 10 dias.

"Também vamos cobrar do Ministério das Comunicações para que seja mantida a divulgação de informações do Poder Executivo sem expor jornalistas a risco em entrevistas coletivas presenciais, incluindo as dos ministros, que devem passar a dar coletivas de forma virtual", acrescentou o órgão.
Caso algum profissional recebe o diagnóstico positivo, o sindicato cogita a possibilidade de acionar o presidente na Justiça.
Recentemente, após constantes ataques de apoiadores do presidente, alguns veículos de imprensa como Folha de S.Paulo, Grupo Globo e TV Band deixaram de cobrir o Palácio do Alvorada alegando questões de segurança.
Fonte: Yahoo Noticias

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário