Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA ACESSAR O SITE DO GOVERNO DO CEARÁ

Slider

Últimas Postagens

Notícias

Negócios

Política

Sociedade

Entretenimento

Cidades e Entrevistas

» » » Plano de Retomada Responsável: Atividade Econômica do Ceará chega a 95% de funcionamento esta semana

De acordo com o decreto 33.684, publicado no Diário Oficial do Estado no dia 18 de julho, Fortaleza e outros municípios cearenses avançaram de fases do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais. Isso porque os indicadores de saúde melhoraram ou se mantiveram estáveis. Esta semana, o funcionamento das atividades econômicas do Estado do Ceará chegou a 95%, o que significa mais empregos sendo retomados em diversas cadeias.
Foto: Remessa Online
Fortaleza é o único município que se encontra na fase 4 do Plano que permite alimentação fora do lar no horário de 6h às 23h (barracas de praia: 9h às 16h). Na Capital também ficam liberadas as atividades de cine “drive in” e a produção artística e cultural sem público. Permanecem vedados o funcionamento de bares e as aulas presenciais em universidades e nas escolas da rede de ensino público e privado do Estado (exceto aulas práticas e laboratoriais de concludentes de graduação e pós-graduação). Também ficam fechados cinemas, academias, clubes e estabelecimentos similares; a realização de eventos, espetáculos e transporte aquaviário para passeios turísticos.
O restante dos municípios da Região de Saúde  Fortaleza avançou para a Fase 3. Os municípios das Regiões de Saúde Norte, Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe se encontram na Fase 1 do Plano. A Região de Saúde do Cariri está na Fase de Transição, com exceção das cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Barbalha, Iguatu e Brejo Santo, que ainda estão em Isolamento Social Rígido.
Cliqueaqui https://www.sedet.ce.gov.br/wp-content/uploads/sites/15/2020/07/CAOCIDADANIA-Tabela-explicativa-do-decreto-33.684-de-18-de-julho-de-2020-1.pdf para ver as tabelas explicativas no documento produzido pelo Ministério Público do Estado do Ceará.

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário