Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA ACESSAR O SITE DO GOVERNO DO CEARÁ

Slider

Últimas Postagens

Notícias

Negócios

Política

Sociedade

Entretenimento

Cidades e Entrevistas

» » » » Aras pede suspensão de inquérito das fake news

O procurador-geral da República, Augusto Aras, pediu ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, na tarde desta quarta (27) que o inquérito das fake news
Foto: EVARISTO SA/AFP via Getty Images
seja suspenso. O pedido acontece após uma operação da Polícia Federal cumprir mandados de busca e apreensão contra grandes aliados do presidente Jair Bolsonaro.
Aras já tinha se mostrado contrário ao inquérito quando questionado pelo ministro do STF Alexandre de Moraes. De acordo com Aras, os comentários dos investigados em redes sociais e em outros meios de comunicação estão abrigados na liberdade de expressão, protegida pela Constituição.


O inquérito das fake news apura a disseminação de notícias falsas, ofensas, ataques e ameaças contra integrantes do STF.
Inicialmente, a PGR (Procuradoria-Geral da República) não participava da investigação, propondo as medidas investigativas. A ex-procuradora-geral da República Raquel Dodge tentou arquivá-la várias vezes, sem sucesso, por esse motivo.

Em uma guinada em relação ao entendimento anterior, no entanto, Aras considerou que não há inconstitucionalidade na apuração, desde que suas conclusões sejam submetidas ao Ministério Público, único órgão capaz de propor ações penais. Desde então, a PGR tem sido chamada a dar pareceres no caso.
Os envolvidos
Seis deputados federais da base bolsonarista e ainda filiados ao PSL são investigados e foram intimados a depor na PF em até 10 dias: Bia Kicis, Carla Zambelli, Daniel Silveira, Filipe Barros, Cabo Junio Amaral e Luiz Philippe de Orléans e Bragança.
Outras 17 pessoas de diferentes cargos estavam na lista de alvos de mandados de busca e apreensão:
  • Roberto Jefferson, ex-deputado federal (RJ)
  • Luciano Hang, co-fundador e proprietário da Havan (SC)
  • Edgard Corona, CEO da rede de academias Smart Fit (SP)
  • Allan dos Santos, blogueiro do site Terça Livre (DF)
  • Sara Winter, ativista (DF)
  • Winston Lima, militar reformado e coordenador do Bloco Movimento Brasil (DF)
  • Bernardo Kuster, youtuber (PR)
  • Reynaldo Bianchi, humorista (RJ)
  • Eduardo Fabris Portella, ativista (PR)
  • Paulo Gonçalves Bezerra (RJ)
  • Edson Pires Salomão, chefe de gabinete do deputado estadual Douglas Garcia (PSL-SP) (SP)
  • Enzo Leonardo Suzi Momenti (SP)
  • Marcos Dominguez Bellizia (SP)
  • Otavio Oscar Fakhoury, investidor (SP)
  • Rafael Moreno (SP)
  • Rodrigo Barbosa Ribeiro (SP)
  • Marcelo Stachin, militante (MT)

Redação Yahoo Noticias

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário