Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA ACESSAR O SITE DO GOVERNO DO CEARÁ

Slider

Últimas Postagens

Notícias

Negócios

Política

Sociedade

Entretenimento

Cidades e Entrevistas

» » » » Prefeitura interdita praças e ruas em Juazeiro do Norte no cumprimento do isolamento social

A Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, em mais uma ação no enfrentamento a pandemia da covid-19, isolou praças e ruas no município para que aglomerações sejam evitadas. A medida é mais uma forma encontrada pela Gestão para somar com todo o trabalho que já é desenvolvido e tem um único objetivo, evitar a propagação desta doença.
O trabalho é uma ação conjunta de diversas secretarias e reforça o cumprimento do isolamento social. Foram interditadas as praças Padre Cícero, José Geraldo da Cruz (Cacimbas), José Illanio Couto Godim (La Favorita), Feijó de Sá (Giradouro), Industrial Anderson Borges de Carvalho (Alegria) e Dr. Edvard Teixeira Férrer (Bíblia).
Além destas, as ruas São Pedro e São Paulo também foram interditadas. A São Pedro está fechada do cruzamento com a rua do Seminário até do Cruzeiro, e a São Paulo do encontro com a rua do Cruzeiro até a Santo Agostinho.
Além do fechamento das vias e das praças, a Prefeitura continua o trabalho de fiscalização e orientação da população para evitar aglomerações, apenas saídas essenciais e a utilização da máscara. Fiscais da Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos, agentes de segurança municipal e de outros setores, estão diariamente nas ruas para alertar a população no combate ao novo corona vírus.  
As praças foram fechadas na tarde desta quinta-feira, 7, e permanecerão interditadas durante o decreto que estabelece a quarentena, até o dia 20 de maio, para que não haja as aglomerações e riscos de contaminação. As ruas serão fechadas a partir das 7h desta sexta-feira, 8. Equipes da Guarda Municipal estarão se revezando nesses espaços para garantir a segurança na área e o cumprimento do decreto.

Nas ruas interditadas as pessoas terão acesso apenas em casos essenciais e de urgência. 

«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário