Imagens de tema por kelvinjay. Tecnologia do Blogger.

CLIQUE NA IMAGEM ACIMA PARA ACESSAR O SITE DO GOVERNO DO CEARÁ

Slider

Últimas Postagens

Notícias

Negócios

Política

Sociedade

Entretenimento

Cidades e Entrevistas

» » » » Ministério da Saúde divulga novos critérios para confirmar casos de Covid-19

 O Ministério da Saúde anunciou novos parâmetros para confirmação de contaminação por Covid-19. Segundo a pasta, o critério clínico, usado até então, sem realização de exame laboratorial, exigia que o paciente tivesse contato próximo com alguém que tivesse confirmação por teste para a doença. Agora, essa proximidade deixa de ser obrigatória em determinados casos.
Foto: Olhar Digital
No "critério por imagem", se o paciente teve síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave e tiver determinadas alterações tomográficas, poderá ser considerado, por avaliação do profissional de saúde, um caso de Covid-19.
Ou ainda se o paciente de síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave teve falta de olfato ou falta de paladar agudas, sem outra causa pregressa, e que não foi possível diagnosticar por outro critério.
O critério epidemiológico aponta como possibilidade de notificar como Covid-19 a pessoa com síndrome gripal ou síndrome respiratória aguda grave com histórico de contato próximo ou domiciliar, nos últimos 14 dias antes do aparecimento dos sintomas, com caso confirmado laboratorialmente para o novo coronavírus.
No caso dos óbitos, ainda segundo a pasta, todos passam por teste. Há casos, porém, em que o exame laboratorial é inconclusivo. Nessas situações, pode-se confirmar pelos outros critérios. No entanto, como são casos graves, na maior parte das vezes hospitalizados, o teste é a regra.
A pasta destacou ainda que os critérios foram formatados para auxiliar no manejo clínico e epidemiológico dos casos. E negou que haverá uma diminuição do uso de testes para a confirmação laboratorial diante das novas possibilidades, destacando uma ampliação da testagem em redes básicas de saúde.
- A gente está dando a possibilidade na atenção básica de que os pacientes que tenham síndrome gripal sejam testados. Se eventualmente ele não foi testado, eu tenho parâmetros clínicos para confirmar aquele caso. Em nenhum momento, foi dito que é excludente uma coisa (novos critérios de diagnóstico) com a outra (testes) - disse Arnaldo Correia, Secretário de Vigilância em Saúde da pasta, em coletiva de imprensa.
Renata Mariz e Gustavo Maia
O Globo


«
Próxima
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe seu comentário